sábado, 5 de janeiro de 2013

Curta-metragem sobre Iemanjá é gravado em Ubatuba


Desde novembro aconteceram em Piracicaba, Americana e São Paulo as gravações de cenas e da trilha sonora do curta-metragem “Mãe dos Peixes, Rainha do Mar”, uma realização da Bom Olhado Produções, com roteiro e direção de Ademir Barbosa Júnior (Dermes), que já assinou os curtas “Mãe dos Nove Céus” (também pela bom Olhado) e “Águas da Oxum” (Adjá Produções) e prepara a montagem para o Teatro da história do Orixá das Águas Doces (Oxum). Agora é a vez de Ubatuba. Neste sábado dia 05 de janeiro, nas praias do Lázaro e do Sununga e em outros pontos da cidade acontecem gravações de externas. Entre elenco, técnicos e colaboradores, a equipe é formada por 30 pessoas, além do próprio Dermes. 

Nova diretoria assume a OAB em Ubatuba


A nova diretoria eleita para o triênio de 2013 a 2015 assumiu na quarta-feira, dia 02, o comando da 119ª Subseção de Ubatuba da Ordem dos Advogados do Brasil.
Composta pelos advogados Thiago Penha (presidente), Augusto Antonino Camargo Leite (vice-presidente), Benedito Alves Ribeiro (tesoureiro), Sérgio Soares Batista (secretário geral) e Maria Augusta do Prado (secretária adjunta), a nova diretoria assumiu os cargos em uma reunião com os funcionários na sede da 119ª Subseção de Ubatuba da Ordem dos Advogados do Brasil, localizada na rua Maranhão, nº 337, no Centro.

Sessão empossa mesa diretora da CÂMARA MUNICIPAL


Nenhum dos três vereadores remanescentes da antiga Câmara candidatou-se à mesa, onde predominou o PDT com os 3 vereadores eleitos. Foi referendada chapa única tendo como presidente Eraldo Carlos Tenório Todão – Xibiu (PSDC) , 1º vice presidente: Reginaldo Fábio de Matos (PT), 2º vice presidente: Adão Pereira dos Santos (PDT) 1ª secretária: Flávia Pascoal do Nascimento (PDT) e 2º secretário: Ivanil Ferretti (PDT).Em um plenário superlotado, vazando gente para a rua,o novo presidente pediu desculpas pelo espaço exíguo e prometeu melhores acomodações para a próxima posse. Há projeto já pronto para construir uma nova Câmara, a ser implantada próximo ao novo Fórum da cidade, no bairro Estufa II. 

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Chuva provoca transtornos em dois bairros de Ubatuba


Chuva provoca transtornos em dois bairros de Ubatuba (Foto: Reprodução/TV Vanguarda)



Ruas dos bairros das Toninhas e do Ubatumirirm ficaram alagadas.
Defesa Civil também registrou deslizamentos de terras na Rio-Santos.



A  Chuva causou transtorno para moradores e turistas nesta quinta-feira (3) em Ubatuba. A Defesa Civil da cidade registrou problemas em dois bairros, além de deslizamentos de terras na rodovia Rio-Santos.

Lançamento de esgoto mata peixes na Praia Grande em Ubatuba



De acordo com a polícia, o esgoto lançado é particular. 
Pescadores reclamam da falta da fiscalização na região da praia Grande.

Um lançamento de esgoto tem matado os peixes de um rio que deságua na praia Grande, emUbatuba, no litoral norte de São Paulo. O problema foi denunciado à polícia por moradores da região na última quarta-feira (3).
Imagem divulgada pelos pescadores de Ubatuba (Foto: Divulgação/Pescadores)Imagem divulgada pelos pescadores de Ubatuba
(Foto: Divulgação/Pescadores)
A irregularidade atinge o rio formado por dois córregos - o Acaraú, que deságua na praia do Itaguá, no centro da cidade, e outro sem denominação que escoa na praia Grande. De acordo com a polícia, o esgoto lançado é particular.
"Não podemos pescar neste local, mas a polícia permitie que seja poluído", afirmou um pescador que não quis ter o nome divulgado. Segundo ele, pelo menos 30  tilápias estavam mortos à margem do córrego na última quarta.

Sucateamento e suspeita de furto resumem situação do patrimônio deixado pela antiga prefeitura



Em plena época de chuvas, Defesa Civil não tem sequer botas para os funcionários
Gabinete do prefeito sem computador, Defesa Civil sem equipamentos, Secretaria de Obras com maquinário sucateado, dados e arquivos apagados em diversos departamentos e até a suspeita de furto de um notebook no setor Jurídico são alguns dos muitos exemplos que revelam a situação encontrada pelo novo prefeito de Ubatuba no seu primeiro dia de mandato. O sucateamento de material e o esvaziamento de dados e informações foram observados em praticamente todos os setores da prefeitura.
Segundo o prefeito Maurício, devido à época de chuvas, uma das situações mais críticas foi observada na Defesa Civil, onde a falta de material é generalizada. 

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Ruas Conceição e Cunhambebe, no Centro


As “madeiras” dessa construção estão tomando a calçada. Se tivéssemos uma fiscalização séria [em Ubatuba] isso não ocorreria. As pessoas são forçadas a caminhar pelas ruas correndo riscos ao transitar entre bicicletas, automóveis etc.

Mais de mil pessoas acompanham a posse do prefeito Maurício em Ubatuba


Mauricio assina livro oficial acompanhado pelo ex vice-prefeito Rui Teixeira Leite (dir) e pelo atual Sérgio Caribé



Assessoria M.M.
Centenas de ubatubenses levantaram cedo no primeiro dia de 2013 e acompanharam as cerimônias que oficializaram a posse de Maurício como prefeito de Ubatuba. Primeiramente, Maurício foi empossado na Câmara Municipal pelos vereadores eleitos, em sessão presidida por Xibiu (PSDC), parlamentar mais votado em 2012. A cerimônia começou por volta das 10h e contou com o primeiro discurso oficial do novo prefeito da cidade. Na tribuna, Maurício agradeceu a presença de todos e ressaltou a enorme responsabilidade que as autoridades eleitas terão para os próximos quatro anos. “Diante dos vereadores eleitos gostaria de ressaltar que o resultado das urnas revela que, além da responsabilidade de administrar bem a cidade, temos também uma responsabilidade com o sentimento das pessoas. Em todas as urnas da cidade os eleitores expressaram a esperança em uma mudança significativa na política de Ubatuba e essa é uma responsabilidade que carregamos nestes próximos anos”, discursou Maurício, após ser empossado pelos próximos vereadores ubatubenses.




MAURICIO MOROMIZATO TOMA POSSE EM UBATUBA....





Sidney Borges

Sob uma canícula senegalesca tomou posse na manhã de ontem, primeiro dia do mês de janeiro de 2013, o novo prefeito de Ubatuba, Maurício Moromizato. A foto acima que eu tirei da página do prefeito no Facebook fala por sí, sempre ouvi dizer que uma imagem vale por mil palavras. A foto capta o instante em que prefeito e vice subiram a rampa rumo ao desconhecido.

terça-feira, 1 de janeiro de 2013

PRAIA DO TENÓRIO VIRA SHOPPING AO AR LIVRE EM UBATUBA

Uma fila de banners e barracas tomou conta do cenário em frente ao mar de algumas praias de Ubatuba, no litoral norte paulista.

Na praia do Tenório, é possível encontrar barracas repletas de cabides com vestidos e biquínis a menos de 40 passos umas das outras. "Está igual às lojas do centro", compara a veranista Josefina Miranda, 49, de Pedreira (SP).

Barracas na praia do Tenório, em Ubatuba (SP), onde o comércio de roupas disputa a atenção dos turistas
Não faltam na areia quiosques e barracas de chapéus, óculos, comidas e bebidas. Com propaganda, claro.

Ao visitar o local na última semana, em um fim de tarde, a Folha contou 18 banners do lado de fora das barracas, tentando atrair clientes.



A instalação de banners fora do comércio, porém, é proibida. Eles só podem ficar afixados às barracas.

A quantidade dessas "lojas ambulantes" já chama a atenção da bancária Luciana Fragalá, 40, que costuma sair de Araraquara (SP) para passar o verão em Ubatuba.

"Há dez anos, só tinha um quiosque no canto. [A praia] era praticamente deserta. Hoje, na temporada, falta espaço na areia."

CONCORRÊNCIA

Até vendedores apontam que houve aumento. "Tem bastante mesmo. E olha que ainda faltou gente hoje", diz Daniela Moreira, 20, que tem a praia do Tenório como ponto de venda há três anos.

"Antes, vendia bem. Hoje, com tudo isso de concorrência, fica difícil", afirma.

Poucos metros à frente dela, um vendedor terminava de fazer o "balanço" de todas as mercadorias em cima de cinco mesas, colocadas em torno de sua barraca.

O diretor de fiscalização da Prefeitura de Ubatuba, Jonildo de Jesus, afirma que a quantidade de ambulantes não aumentou.

Segundo ele, o número de cadastrados é fixo a cada verão: são 722 em toda a cidade. "Só entra mais se algum perder a licença."

Ele reconhece, porém, que pode haver muitos irregulares. A prefeitura tem apenas seis funcionários para fiscalizar o comércio, fixo ou ambulante, em toda a cidade.

FONTE:

http://www.jornalfloripa.com.br/brasil/index1.php?pg=verjornalfloripa&id=32002

Companhia de Reis `Cantamar´, de Ubatuba (SP)


No momento somos Companhia de Reis e juntamente com o cantar dos sabiás e das cigarras, prenunciamos cantigas em homenagem ao nascimento do Menino Jesus e aos três Reis Magos, visitando capelas e casas, levando alegria, paz e felicidade às pessoas.
A Companhia de Reis Cantamar é composta por dez elementos, sendo: Julinho Mendes (voz e violão), Frazão (viola), Agnaldo Santos (voz e cavaquinho), Henrique do Tamar (voz, gaita e percussão), Tarcísio (voz e percussão), Gustavo Ballio (voz e poesia), Cidinha Gil (voz e gaita), Mariza Matos (voz e violão), Maria Luiza Damotta (voz e violão), Claudia Gil (voz e violão).




Tivemos a grande honra de cantar algumas músicas na festa de lançamento do livro “A saga de uma caipira em terra caiçara de Anchieta”, de Heloísa Maria Salles Teixeira, realizada no dia doze próximo passado, nas dependências do casarão da Fundart.
Entre casas e capelas, em diversos bairros da cidade, já fizemos mais de vinte visitas em cantorias, mas como sempre na capela de Santa Cruz, casa de dona Baía, Dito Fernandes e dona Mocinha, praia e sertão do Puruba, a emoção é sempre maior.
No próximo dia 06 de janeiro (domingo), que é o dia de Reis, ou dos Santos Reis, estaremos presente e faremos nossa apresentação no encontro de folias na Igreja Matriz.
Fazemos aqui o convite a todos que tiverem o interesse em presenciar esse bonito encontro e acima de tudo cultural e folclórico religioso a irem à Igreja Matriz no dia 6 de janeiro a partir das vinte horas.
Grupo cultural “Cantamar”, mantendo viva e preservando a cultura folclórica caiçara de Ubatuba e Litoral Norte.
E também, como meio de anúncio, informamos que nós do Cantamar já estamos em estúdio preparando o nosso primeiro CD musical, com cantigas que tratam das peculiaridades do mar e do povo do mar caiçara; canta o pescador e suas aventuras, canta lendas, canta culinária, canta a fé e a religiosidade, viaja em poesias e canções que farão refletir sobre a beleza cultural e ecológica de nossa terra Tamoia.

Dilma sanciona projeto que cria o Vale-Cultura


Dilma sanciona projeto que cria o Vale-Cultura
 
 
Trabalhadores contarão, a partir do segundo semestre de 2013, com valor de R$ 50 para consumir bens culturais A Presidenta Dilma Rousseff, ao lado da ministra da Cultura Marta Suplicy, sancionou quinta-feira (27) no Palácio do Planalto, a lei que cria o Vale-Cultura.
A partir da sanção, abre-se prazo de 180 dias para regulamentação da nova lei. No segundo semestre de 2013, o Vale-Cultura já deverá estar em uso para aquisição de produtos culturais.



Durante a cerimônia, a ministra Marta Suplicy destacou que o Vale-Cultura é um alimento para a alma e lembrou ainda que “o trabalhador terá liberdade de escolha e poderá usar o benefício como quiser”.
“Vale para livro, vale para dança, vale para toda a atividade cultural. É um benefício em duas pontas. Na primeira, coloca na mão do trabalhador a escolha do que ele quer consumir de cultura. Para o produtor de cultura, é importante porque ele vai ter mais pessoas podendo a assistir sua produção”, disse a ministra.
Na prática, o Vale-Cultura será parecido com o vale-transporte ou o vale-refeição. O trabalhador receberá um cartão magnético, complementar ao salário, que poderá utilizar para entrar em teatros, cinemas, comprar livros, CDs e consumir outros produtos culturais.
O valor mensal do Vale-Cultura será de R$ 50, concedido a trabalhadores contratados com carteira assinada que ganham até cinco salários mínimos.
Os trabalhadores que ganham mais de cinco salários mínimos também poderão receber o benefício, desde que garantido, pelo empregador, o atendimento à totalidade dos empregados que ganham abaixo desse patamar.
As empresas que aderirem ao programa terão isenção de impostos de R$ 45,00 por vale doado. O trabalhador contribuirá com R$ 5,00.


FONTE :

www.ubaweb.com

Litoral norte de SP sofre com acúmulo de lixo após festas de começo de ano

Com o início da temporada de verão no litoral norte do Estado de São Paulo, período em que as prefeituras estimam entre 1,5 milhão a dois milhões de turistas até o Carnaval, o lixo produzido pela população flutuante já se acumula nas ruas dos quatro municípios da região. Diferentemente da capital e das grandes cidades do interior, no litoral o lixo é recolhido durante o dia, o que também acaba contribuindo para dificultar o trânsito.