quinta-feira, 11 de agosto de 2011

MEIO AMBIENTE.......O jundú nas praias de Ubatuba



Jundú não é uma espécie de planta e sim um conjunto de vegetação de beira de praia, que vai de rasteiras gramíneas a arbustos que atingem dois metros de altura. Tem plantas comestíveis, ornamentais, floríferas, frutíferas, medicinais.
Era no jundú que o caiçara construía seu ranchinho para abrigo de suas canoas, suas redes e materiais de pesca. Não existe praia sem jundú, ou pelo menos não existia, até a ação depredadora do homem. Hoje em muitas de nossas praias, o jundú de vegetação deu lugar ao jundú de alvenaria, são quiosques e muros de concreto que tiraram toda beleza e naturalidade das praias.

O jundú é uma barreira natural de contenção do mar, e como “água mole em pedra dura tanto bate até que fura” não ficará em pé um quiosque se quer ou qualquer pedra de concreto que tomou o lugar do jundú.

É nosso dever proteger e denunciar qualquer ação de destruição que venha atingir o jundú de nossas praias. E como diz o caiçara: “Praia sem jundú é a mesma coisa que rosto sem sobrancelhas”.


Fonte: Ubatuba em Revista.

Um comentário:

  1. Aquela vegetação que tem em frente à praça da Baleia e Shopping Porto Itaguá, principalmente, pode ser cortada?

    ResponderExcluir